Páginas

Cursos Gratuitos

quinta-feira, maio 27, 2010

GREENPEACE - BRASIL

Filie-se

Olá, ciberativista

Em breve, o Brasil conhecerá a proposta do deputado Aldo Rebelo de um novo Código Florestal, prometida para o dia 1o de junho. Seu texto, mais do que tratar de Áreas de Preservação Permanente e Reserva Legal, será a tradução da visão que ele tem sobre o futuro de nossas florestas.
Uma visão ultrapassada, que não consegue articular desenvolvimento com proteção ambiental.

Por isso, nossa questão com ele não é pessoal. É um assunto que interessa a todos os brasileiros, e que está profundamente ligado ao modelo de desenvolvimento que queremos.

Recentemente, governo e empresas brasileiras se comprometeram com o fim do desmatamento na Amazônia. Desde 2009, ambientalistas e agricultores familiares (74% do total de agricultores brasileiros, segundo o IBGE) juntam suas posições em torno da manutenção de um Código Florestal forte, que protege a pequena agricultura e o meio ambiente. Todos esses atores formam um cenário de valorização florestal que é apoiado pela sociedade civil.

Nessa reta final, precisaremos do seu apoio mais do que nunca para pedir aos parlamentares ruralistas que deixem as florestas em paz.

Pedimos a você, agora, que escreva no Twitter de Aldo Rebelo e reforce que você quer que ele deixe nossas florestas em paz.

Proteja a Amazônia, participe da ciberação Aldo Rebelo.

Esteja pronto nas próximas semanas, e muito obrigado pelo apoio em defesa de nossas florestas. Se já assinou a petição e escreveu no Twitter do Aldo, encaminhe essa mensagem aos seus amigos.

http://www.greenpeace-comunicacao.org.br/email/cyberativismo/ciber_26-05-2010.html


Rafael Cruz


Abraços,

Rafael Cruz
Rafael Cruz
Coordenador de campanha
Greenpeace


terça-feira, maio 25, 2010

Ata reunião dia 19/05 – IBAMA

No dia 19/05/2010, ocorreu na presidência do IBAMA a reunião com os Deputados Federais Nelson Marquezelli, Otávio Leite, Luis Carlos Heinze, Moacir Micheletto, Valdir Colatto e os criadores/passarinheiros de vários Estados do Brasil.
O Sr. Aloísio Tostes da COBRAP, em um primeiro momento, agradeceu e manifestou sua satisfação de estar presente nesta reunião, que tem como o objetivo a organização das entidades, a legalização da categoria. Ele afirmou, também, que os passarinheiros contribuirão para os trabalhos que começarão a partir dessa reunião.
O presidente do IBAMA Dr. Abelardo Bayma Azevedo, disse estar disponível para ajudar a categoria. Alegou, ainda, que fará reuniões com o Ministério do Meio Ambiente e com o Ministério Público de cada Estado. O Dr. Américo Tunes, diretor de biodiversidade – ponto focal do IBAMA – quer identificar cada segmento para organizar a política do IBAMA, pois ele quer que o órgão perca a imagem de perseguidor e espera que esse encontro não seja o único, que haja a construção de um plano de trabalho concreto, iniciado pelo documento que será entregue pelos criadores e será analisado pela Diretoria do IBAMA. O presidente do IBAMA alegou que a sua equipe está disposta em ajudar a classe passarinheira e que espera que o grupo também os ajudem.
Foi eleito o Sr. Aloísio Tostes, o representante da categoria e ele estará sempre em contato com o órgão nas discussões, nos trabalhos. Foi determinado que as regras serão claras para ambas as partes e que o trabalho deverá ser levado com seriedade. Haverá uma repactuação do IBAMA com os passarinheiros.
O Dr. Luciano Evaristo, Diretor de Fiscalização, acredita na postura dos passarinheiros presentes e gostaria de recolocá-los no patamar da legalidade. “Quem estiver legal será reconhecido.” Esteve presente a Sra. Analice, superintendente do IBAMA no Estado de São Paulo. Ela disse que essa reunião será um recomeço para a classe e para o órgão e acredita que com todos os trabalhos previstos grandes avanços acontecerão.
O Deputado Federal Otávio Leite considerou a reunião de grande importância e transmitirá à todo o Estado do Rio de Janeiro para que haja um desdobramento em prol da categoria. Ele está engajado nos trabalhos. O Deputado Moacir Michelleto gostaria de rever as normatizações e corrigir os erros de ambos os lados. O Deputado Luis Carlos Heinze quer aparar as arestas, pois os criadores presentes trabalham na legalidade.
O Deputado Colatto diz que o Deputado Marquezelli coordena o grupo dos Deputados e que eles irão resolver a situação da classe, pois os criadores não podem ser vistos como bandidos. O grupo precisa ver a competência, tanto Federal, Estadual, como Municipal. A situação das anilhas precisa ser resolvida, pois, em Santa Catarina, das 76.902 anilhas, 40.000 foram pagas, mas não foram entregues, com isso, as aves acabam entrando na clandestinidade.
Por fim, ficou marcada uma reunião para às 14:30, do mesmo dia com o Dr. Américo.
Brasília, 24 de maio de 2010

--Fonte: Assessoria do Deputado Marquezelli

Criadores e “Bancada Eco-Passarinheira” se reúnem com Presidente do IBAMA





A última semana, o movimento de criadores de pássaros nativos foi recebido pela “Bancada Eco-Passarinheira” de Deputados Federais e também pela Presidência do IBAMA, na Capital Federal.
O primeiro encontro, dos criadores com os parlamentares, ocorreu na terça-feira, 18/05/2010, nas dependências do edifício sede do Congresso Nacional (4ª Secretaria da Mesa da Câmara dos Deputados), em Brasília.
Estiveram presentes lideranças de clubes e de federações do Nordeste, de Santa Catarina, de São Paulo, do Rio de Janeiro, do Mato Grosso do Sul, de Goiás e de Brasília. Dentre os parlamentares, compareceram os deputados Valdir Colatto (PMDB/SC), Nelson Marquezelli (PTB/SP), Moacir Micheletto (PMDB/PR), Luis Carlos Heinze (PP/RS), Otávio Leite (PSDB/RJ), Marinha Raupp (PMDB/RO) e Laerte Bessa (PSC/DF).
Durante a reunião - que durou mais de duas horas - os criadores expuseram as diversas dificuldades que atravessam com os órgãos ambientais do País, sobretudo com o IBAMA. Após a apresentação do quadro geral pelos criadores, momento em que todos os que estavam presentes puderam fazer uso da palavra, os deputados fizeram uma rodada de debates, narrando outras experiências das quais já participaram e onde, através da mobilização dos interessados em sintonia com uma ação parlamentar bem coordenada, o Poder Público mudou seu modo de agir e resolveu problemas diversos no ramo do agronegócio.
Todos os deputados fizeram breves pronunciamentos em que se comprometeram a intervir em benefício da classe de criadores de pássaros de todo o Brasil. E disseram que a concretização de uma “Bancada Eco-Passarinheira”, já costurada desde o ano de 2009 e oficialmente fundada naquela reunião, era algo urgente. Os parlamentares presentes (SC, SP, PR, RS, RJ, RO, DF) elogiaram a criação da “Bancada Eco-Passarinheira” e se comprometeram a integrá-la, ressaltando ainda que a mesma deverá ser ampliada com a participação de outros Estados ainda não representados.
No dia seguinte, 19/05, os deputados da “Bancada Eco-Passarinheira” se dirigiram ao IBAMA, juntamente com os criadores de pássaros, e foram recebidos pelo seu Presidente, Dr. Abelardo Bayma Azevedo, e Américo Ribeiro Tunes, Diretor de Uso Sustentável da Biodiversidade e Florestas. Estavam presentes também diversos funcionários do alto escalão do IBAMA, inclusive superintendentes da entidade em vários Estados.
Durante grande parte da manhã, os criadores e os parlamentares expuseram aos integrantes do IBAMA as reivindicações da categoria, que variam desde o conteúdo equivocado de certos regulamentos em vigor e chegam ainda ao problema de atendimento ao criador nos balcões do IBAMA por todo o Brasil, passando pela questão da fiscalização, do licenciamento ambiental e da divulgação da ansiada “Lista Pet”.
Por decisão do Presidente do IBAMA, nesse mesmo dia, durante todo o período da tarde, um comitê de criadores permaneceu na sede da autarquia, em Brasília, para se reunir com técnicos daquela entidade e já começarem a alinhavar as modificações que devem contribuir para resolver grande parte das reivindicações apresentadas.
A expectativa é a de que as reuniões técnicas entre IBAMA e criadores voltem a acontecer nos próximos dias, até que seja produzido um ajuste em vários atos normativos e também em rotinas do IBAMA que digam respeito à gestão e à fiscalização do manejo de fauna nativa.
É preciso acreditar sempre no poder de mobilização da categoria dos criadores.
A “Bancada Eco-Passarinheira” de Deputados Federais, oficialmente fundada em 18/05/2010, é uma demonstração dessa força. É preciso acreditar também no poder do diálogo: os criadores de pássaros estão, uma vez mais, acreditando que o IBAMA e os cidadãos podem ser parceiros no exercício do legítimo direito à criação de fauna nativa e também no cumprimento do dever de assegurar a conservação das espécies.
Vamos em frente!!!

Fonte: COBRAP

domingo, maio 23, 2010

Servidores do Ibama retomam segunda-feira (24/05/2010) as atividades de fiscalização e licenciamento.

Atualizado em 21/05/2010

Servidores da área ambiental voltam às atividades de fiscalização e licenciamento na próxima segunda-feira. A decisão dos grevistas, que estavam parados desde o dia 7 de abril, foi tomada durante assembleia realizada hoje (21) e cumpre a determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de que esses serviços, considerados essenciais, fossem restabelecidos imediatamente.

"A assembleia decidiu que os servidores que atuam nas atividades essenciais devem voltar a suas atividades na próxima segunda, até porque temos que cumprir a decisão do STJ, mas eles estão voltando por conta do cumprimento da lei, mas não por vontade própria", afirmou o presidente da Associação dos Servidores do Instituto do Meio Ambiente (Asibama), Jonas Corrêa, em entrevista à Agência Brasil.

O presidente da Asibama contou que o STJ enviou um telegrama ontem (20) para esclarecer que a decisão do dia 12 de maio deveria ser cumprida imediatamente e por todos os servidores que atuam nas atividades essenciais, caso contrário, seria aplicada uma multa diária de R$ 100 mil às entidades coordenadoras da greve.

Após o parecer do STJ, a Asibama ficou na dúvida se todos os servidores que atuam nessas atividades essenciais deveriam voltar ao trabalho e se esse retorno teria de ser imediato ou poderia ocorrer depois que a decisão judicial fosse publicada. "O telegrama foi claro e nós, logo em seguida, marcamos a assembleia para cumprir a decisão, que agora foi esclarecida", disse Corrêa.

Os servidores afirmam que o Executivo não cumpriu parte do acordo feito em 2008, em que, além do reajuste que foi parcelado em três vezes - julho de 2008, de 2009 e de 2010 - o governo deveria encaminhar a proposta de reestruturação da carreira ao Congresso Nacional.

Segundo a Asibama, as negociações com o governo serão retornadas na próxima quarta-feira (26), quando está prevista uma reunião no Ministério do Planejamento. "Temos a expectativa de que as negociações avancem em sentido positivo para os servidores e que o governo encaminhe o plano de reestruturação da carreira até a data limite, 2 de julho", acrescentou o presidente da associação.

A assembleia realizada hoje decidiu ainda que os servidores que não trabalham com atividades consideradas essenciais vão continuar a greve até que as negociações com o Executivo avancem.

--
Fonte: Agência Brasil

quinta-feira, maio 20, 2010

Ibama cria grupo de trabalho com passarinheiros...

Ibama cria grupo de trabalho com passarinheiros para adequar legislação que regulamenta atividade.

Brasília, 20 de maio de 2010 - O deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS) e outros parlamentares da Bancada do Agronegócio acompanharam nesta semana representantes da Confederação Brasileira dos Criadores de Pássaros Nativos (Cobrap) em reunião com a diretoria do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).Durante a audiência que contou com a presença do presidente do órgão, Abelardo Bayma Azevedo, foi criado o Comitê dos Passeriformes, composto por passarinheiros e técnicos do Ibama. Segundo o parlamentar gaúcho, trata-se de um grupo de trabalho que discutirá a edição de atos normativos relacionados a atividade e ao manejo das aves para fins comerciais e amadores. No decorrer da reunião o presidente da Cobrap, Aloísio Tostes, apresentou as principais reivindicações da categoria aos membros do Ibama. Um dos pleitos é a adequação da legislação de modo a legalizar a criação de animais silvestres em todo o Brasil. Heinze reforçou a solicitação da classe para que seja reaberto o prazo de recadastramento dos criadores amadores. A data venceu em junho de 2009. Otimista com o resultado do encontro, o deputado relata que Azevedo mostrou-se receptivo as propostas apresentadas. “Enquanto os passarinheiros e os técnicos do Ibama farão o debate técnico-jurídico, daremos o amparo político as causas do setor no Congresso Nacional”, evidencia.Atualmente, existem 500 mil criadores de pássaros em todo o Brasil.
Também estiveram presentes os deputados Nelson Marquezelli (PTB/SP), Moacir Micheletto (PMDB/PR), Otávio Leite (PSDB/RJ), Marinha Raupp (PMDB/RO), Laerte Bessa (PSC/DF) e Valdir Colatto (PMDB-SC).

MAIS INFORMAÇÕES
Fones: 61 3215 5526 / 3526 / 1526 / 8426 4124
Claudio Santa Catarina- DRT-SC 0715 / João Paulo Borges - DRT-DF 7740
Assessoria de Imprensa
E-mail:
claru@terra.com.br
Acompanhe as ações do deputado no Twitter: www.twitter.com/deputadoheinze

Atividade passeriforme cria comitê com Ibama em Brasília





Santa Catarina, sob coordenação do deputado federal Valdir Colatto,
tem representantes no Comitê

20/5/2010 - O deputado federal Valdir Colatto (PMDB/SC) acompanhou, na última quarta-feira (19/5), passarinheiros de vários Estados brasileiros, durante a reunião com o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), Abelardo Bayma Azevedo, na qual foi criado o Comitê dos Passeriformes, entre passarinheiros e técnicos do IBAMA, um grupo de trabalho que vai aglutinar os setores para edição de atos normativos relacionados a atividade e ao manejo das aves para fins comerciais e amadoristas.

Na reunião, onde estiveram presentes também os deputados Nelson Marquezelli (PTB/SP), Moacir Micheletto (PMDB/PR), Luis Carlos Heinze (PP/RS), Otávio Leite (PSDB/RJ), Marinha Raupp (PMDB/RO) e Laerte Bessa (PSC/DF), o presidente da Confederação Brasileira dos Criadores de Pássaros Nativos (COBRAP), Aloísio Tostes, entregou ao presidente do Ibama um documento com todas as reivindicações da categoria, entre elas a, a criação desse grupo de trabalho.

Para o deputado federal Valdir Colatto esse foi um grande passo dado pelos passarinheiros que, “com o apoio de deputados federais e Ibama poderão adequar a legislação que tornará reconhecida legalmente a criação de animais silvestres em todo o Brasil”, ressaltou o parlamentar.

O presidente da Federação Ornitológica Catarinense (FOC - Florianópolis/SC), Wilson Gomes, um dos representantes de Santa Catarina, também entregou um documento ao presidente do Ibama, no qual pede para inserir os pássaros como fauna doméstica. Osvaldo Vieira, da Sociedade Amigos do Curió (Florianópolis/SC) e o presidente da Associação de Curiós Canto Praia, Waldir Karnopp (Joinville/SC), também representaram o Estado catarinense.

Ainda da reunião, os criadores lembraram o presidente do Ibama quanto a forma de abordagem dos fiscais do instituto nos Estados, que muitas vezes é violenta e desrespeitadora com os que praticam a atividade. Os passarinheiros reivindicaram também a reabertura do recadastramento para os criadores amadores que não compareceram ao Ibama até o dia 30/6/2009, data prevista pela instrução normativa do Ibama, pudessem recadastrar seus pássaros tranquilamente.

O presidente do Ibama, Abelardo Bayma Azevedo, teve uma boa recepção das propostas, mostrou-se favorável as reivindicações dos passarinheiros e se comprometeu em ajudar o setor.

Os parlamentares ressaltaram ainda o compromisso de cada um de representar os passarinheiros dos Estados no Congresso Nacional na defesa dos passarinheiros. Atualmente, existem 500 mil criadores de pássaros em todo o Brasil, sendo 80 mil só em São Paulo. Em Santa Catarina são 20 mil.


Na reunião com o presidente do Ibama, Colatto entregou ao presidente do Ibama um oficio solicitando a liberação de 76 mil anilhas já pagas e solicitadas e que não foram entregues para os criadores amadores de passeriformes de Santa Catarina. O presidente do Ibama, Abelardo Bayma Azevedo, em resposta, disse que iria agilizar esta questão.


Foto 1 - deputados Nelson Marquezelli e Valdir Colatto, presidente do
Ibama e deputado Micheletto

Grupo Parlamentar em defesa dos passeriformes


Na terça-feira (18/5), os deputados Valdir Colatto (PMDB/SC), Nelson Marquezelli (PTB/SP), Moacir Micheletto (PMDB/PR), Luis Carlos Heinze (PP/RS), Otávio Leite (PSDB/RJ), Marinha Raupp (PMDB/RO) e Laerte Bessa (PSC/DF), estiveram reunidos com representantes de passeriformes de cada Estado e firmaram um “aperto de mão” para unir forças e dar andamentos às ações e reivindicações do setor no Congresso Nacional.

A aprovação do Código Ambiental com a inclusão de um artigo para a fauna brasileira foi apontado por todos os passarinheiros como prioridade do setor. “Não podemos perder a oportunidade de inserir e regrar nossa atividade na proposta do novo Código Ambiental. Somos também um agronegócio e trazemos riquezas, precisamos ser reconhecidos”, ressaltou o presidente da Confederação Brasileira dos Criadores de Pássaros Nativos (COBRAP), Aloísio Tostes.

Em resposta, Colatto pediu aos passarinheiros que pressionassem os deputados de seus Estados para aprovação do relatório do deputado Moacir Micheletto, em junho deste ano, para assim conseguir mudanças efetivas não só no setor como em todo o desenvolvimento do Brasil. De acordo com Colatto, a atividade passeriforme pode ser “uma fonte de produção atrativa para o produtor rural e urbano na gestão dos recursos renováveis da biodiversidade brasileira”.

Foto 2 – Audiência com passarinheiros em Brasília.


Assessoria de Imprensa – Deputado Federal Valdir Colatto (PMDB/SC)
Brasília (61) 3215.3610 e 8184-5519 – Suely Frota
Chapecó (49) 3328.1516 e 9121.9200 – Veruska Tasca.


Fonte: http://trincaferroverdadeiro.blogspot.com/

quarta-feira, maio 19, 2010

Parabéns mais uma vez ao Ibama!


Florianópolis (17/05/2010) – Fiscais do Ibama apreenderam no último fim de semana 150 pássaros, entre eles cardeais vermelhos, pixoxós e bicudos, todos ameaçados de extinção, além de coleirinhas (papa-capim), sabiás, tiés-sangue e outros,em Joinville/SC. Foram lavrados dois autos de infração, cujas multas chegam a R$ 131,5 mil.
Um criador devidamente habilitado no Sistema de Cadastro de Criadores de Passeriformes - Sispass do Ibama e outra pessoa que tinha consigo cerca de 30 pássaros de rinha (canários) foram autuadas em flagrante por cometerem crimes ambientais. Segundo o agente ambiental federal Jorge Gotardo Waterkemper, essas pessoas mantinham em cativeiro aves da fauna silvestre sem cadastro no Sispass.
Os criminosos vinham sendo monitorados pelo Ibama há seis meses, entre outros meios, por sua movimentação no Sispass. Eles perderão a licença para criar pássaros, além de responderem na Justiça Federal pelos crimes cometidos. Todos os pássaros que estavam sob a guarda dessas pessoas foram apreendidos, pois a Lei de Crimes Ambientais diz que se houver um único pássaro irregular, todos os demais também devem ser recolhidos.
Os pássaros apreendidos foram levados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres – Cetas, do Rio Vermelho, em Florianópolis.
O chefe da Divisão de Controle e Fiscalização - Dicof do Ibama em Santa Catarina, Carlos Ribeiro, alerta que, conforme a lei federal 9.605/98, praticar qualquer ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres ou domésticos (nativos ou exóticos) podem resultar em pena de detenção de três meses a um ano, além de pagamento de multa. Se ocorrer morte do animal, a pena é aumentada de um sexto a um terço do tempo de prisão.
Badaró FerrariAscom/Ibama/SC

segunda-feira, maio 17, 2010

CPC-RS Novo club passarinheiro!

Club CPC-RS.

Festa de Inauguração da CPCRS.OLa Amigos! Será no Domingo dia 06-06-2010 a partir das 10:00hs A festa de inauguração do Clube de Passarinheiros de Cachoeirinha RS (CPCRS) A Festa tera Churrasco, Costela Uruguaia, Salsichão, Saladas. Os convites custarão 10,00 e estarão a venda na Agropecuaria Recanto dos passárinheiros em Cacchoeirinha, Rua Lidio Batista Soares 118 F.3441-3943. Obs. Referencia Esquina do Bradesco. Local Da Festa, Salão de Festa e Futebol da Igraja Paroquial Santa Clara, Bairro Granja Esperança em Cachoeirinha.Obs Referencia Como chegar Estrada do Ritter, OU Parada 57de Cachoeirinha. Faça a sua reserva. Contamos com a Presença de todos. . Pres. Da (CPCRS) Nelson F.8476-4161. 9695-6492.
CPC-rs, Fundada em 17-04-2010, Tem por seu fundamento criar e desenvolver, um conceito de respeito, junto com seus associados, a criação e preservação de seus passáros, sempre respeitando as normativas e leis do IBAMA. Fica instítuida esta entidade civil, de direito privado, sem fins lucrativos sem distinção de nacionalidade, sexo, credo político ou religioso, raça, cor ou quaisquer outras formas de discriminação, prestando serviços permanentes, observando os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e da eficiência de caráter filantrópico, fundada no dia 17 de Abril de 2010 e que se regerá pelo atual estatuto e pelas normas legais pertinentes. End: Rua Dorivál Candido Lus de Oliveira n°232, No Bairro Granja Esperança na Cidade de Cachoeirinha no Estado Do Rio Grande Do Sul.

DIRETORIA:

Presidente: Nelson Arrué Silveira
Vice: Fabiano Izidro Apollo
1º Secretário: Douglas Morales Alves
2º Secretário: Paulo Polinski
1º Tesoureiro: Eliane Terezinha Minosso
2º Tesoureiro: Remolo Rabello
1º Conselheiro: Roberto Ferreira daSilva
2º Conselheiro: Valmor Amâncio
3º Conselheiro: Amauri Machado dos Santos
4º Conselheiro: Velocino Machado Borba
5º Conselheiro: Alberto José kopriva
6° Conselheiro: Claudio Machado
7º Conselheiro: José Carlos Gobbi

segunda-feira, maio 10, 2010

Tutorial Banheira Externa Ecológica

NOVAS ANILHAS...

Prezado Criador,
É com muito orgulho que anunciamos que um de nossos associados foi
escolhido pelo IBAMA para poder testar as anilhas que o IBAMA pretende implantar para
substituir as existentes.
Atualmente as anilhas fornecidas pelo IBAMA são compostas de 98% de
alumínio e 2 % de diversos materiais nobres.
As novas anilhas, segundo informações não oficiais, são de porcelana, com
mesmas as dimensões imposta pela Instrução Normativa 01 de 24 de janeiro de 2003, sendo
que na anilha tem um elevado que parece ser um sistema de radio freqüência. Este novo
sistema permite ao IBAMA controlar as anilhas por três seqüências de números, ou seja,
serão mais seguras, e mais difíceis de serem fraudadas.
A anilha em teste tem uma aparência toda preta com o interior branco
(conforme fotos em anexo)
Para efeitos de controle e fiscalização do IBAMA, existe um aparelho que
é colocado do lado de fora da gaiola para ser feita a leitura dos códigos existentes em cada
anilha.
As referidas anilhas não tem data para serem distribuídas pelo IBAMA.

ABAIXO O ACESSO A INFORMAÇÃO NA ÍNTEGRA.

http://www.assozoma.com.br/artigos/artigo_anilhas.pdf

Prezado Companheiro,

De início, esclarecemos que tomamos a liberdade de enviar esta mensagem com o objetivo comum de firmar um movimento de fortalecimento de nossa classe de criadores de espécies nativas brasileiras. Em que pese, logicamente, o trabalho que vem sendo desenvolvido pelas entidades estaduais com intenção similar. Isto porque, ultimamente temos sido alvo da insensatez praticada por setores do poder público, nos tratando indiscriminadamente como se fôssemos criminosos ambientais. A propósito, é de se ter presente que o apoiamento político é fundamental para atingirmos nossa pretensão. Tanto é que os “madeireiros”, “carcinicultores”, “extrativistas”, e demais segmentos que se envolvem diretamente com o meio ambiente, tem representantes no Congresso Nacional. Com isso, conseguem contornar da melhor forma eventuais embates com o setor público. Nos Estados Unidos, mesmo usufruindo de uma reconhecida aberração como os “subsídios agrícolas” ninguém incomoda os produtores de laranja , de milho e de algodão, porque cada um deles elege seus representantes parlamentares. Nós aqui no Brasil, somos cerca de cinco milhões de criadores, apenas 500 mil registrados - temos que, proximamente, propugnar para trazer todos para a legalidade - . O certo é que, nós podemos mas, não sabemos a força que temos se nos juntarmos em torno de um só ideal. Uma democracia funciona assim mesmo. É preciso que haja políticos comprometidos com determinados grupos de interesse para que seus representados possam exercer as atividades inerentes de forma tranqüila. Lógico que estamos nos atendo exclusivamente a interesses legítimos de nossa classe organizada. Interesse esse que está estabelecido em Lei e é reconhecido mundialmente porque exercemos um forte trabalho de conservação, movimentamos a economia, desenvolvemos o turismo, geramos empregos, rendas e vidas. Ou seja, praticamos o uso sustentado de recursos naturais renováveis. A questão do tráfico e da ação de aproveitadores não é o nosso caso, é sim, caso de polícia e de fiscalização que não é a nossa área de atuação e não queremos nos envolver nisso. Lembramos que, algumas entidades ornitofílicas já estão plenamente acordadas com esta COBRAP nesse intento e muitas outras ainda não contatadas. Dessa forma, depois de muitas discussões entre nós, chegamos a conclusão que, desta vez, teremos que nos envolver e participar de forma eficaz na Questão Política. Para tanto, precisamos mobilizar o nosso pessoal e fechar com políticos que se mostram dispostos a efetivar um pacto de apoiamento a nossa classe, independente de partidos. Em troca, deverá haver o nosso comprometimento de votar no candidato que em breve, será indicado. Um em cada estado, exclusivamente. Não podemos correr o risco de que haja dispersão dos votos e não elegermos ninguém, por isso. Se for um político forte, melhor, vamos torná-lo mais poderoso ainda. Estamos, então, tomando a iniciativa de enviar apenas e tão somente o seu endereço de “email”, selecionado a partir do site da COBRAP à assessoria do Deputado Luis Carlos Heinze para que possamos estabelecer, em seguida, uma rede de apoiamento ao trabalho dele. Vamos concitar, todas as entidades de criadores estabelecidas no estado do RIO GRANDE DO SUL no sentido que adiram de forma decisiva neste processo. Esclarecido, também que, caso o companheiro (a) não queira se envolver nessa questão, solicitamos que nos envie um “email” com a possível brevidade, pedindo a sua respectiva exclusão do movimento. Todavia, para aqueles que estejam dispostos a nos ajudar, pediríamos o obséquio de tentar incluir no processo as comunidades Orkut, Twitter, MSN, Skype, Sites/Blogs de Criadores, Grupos de Discussão, Redes de Relacionamento, Associações/Clubes que tenham alguma ingerência, bem como, os outros criadores/passarinheiros mais desinformados, suas famílias, gaioleiros conhecidos, lojas pets e empresas afins. Precisamos ter, no mínimo, uma referencia em cada cidade de todos dos estados incluídos. Faremos uma rede de comunicação online entre nós e os deputados. Pedimos seu obséquio no sentido de se comunicar com a assessoria do Deputado Heinze, email: claru@terra.com.br , objetivando estabelecer uma canal de comunicação entre nós. Na verdade, estamos ainda só em preparativos iniciais para aos poucos iniciarmos a nossa mobilização de toda a classe, após um ajustamento e acertos transparentes, inclusive da divulgação mais detalhadas de nossos acordos com os pré candidatos e do comprometimento das partes envolvidas. Iremos intensificar nossos procedimentos assim que houver o lançamento oficial da campanha para as eleições/2010. Agradecemos pela atenção dispensada, vamos à luta. Atenciosamente.

Diretoria da COBRAP

www.cobrap.org.br

sexta-feira, maio 07, 2010

DESCULPA AOS PASSARINHEIROS, MAS NÃO PUDE DEIXAR DE COLOCAR NO BLOG...

CARTA PUBLICADA NO ESTADÃO.
Carta-resposta de um Juiz ao Presidente Lula publicada no Estadão. Carta do Juiz Ruy Coppola (2º TAC) .
Mensagem ao presidente !!!

Estimado presidente, assisti na televisão, anteontem, o trecho de seu discurso criticando o Poder Judiciário e dizendo que V. Exa. e seu amigo Tarso, ministro da Justiça, há muito tempo são favoráveis ao controle externo do Poder Judiciário, não para "meter a mão na decisão do juiz", mas para abrir a "caixa-preta" do Poder... Vi também V. Exa. falar sobre "duas Justiças" e sobre a influência do dinheiro nas decisões da Justiça. Fiquei abismado, caro presidente, não com a falta de conhecimento de V.Exa., já que coisa diversa não poderia esperar (só pelo fato de que o nobre presidente é leigo), mas com o fato de que o nobre presidente ainda não se tenha dado conta de que não é mais candidato. Não precisa mais falar como se em palanque estivesse; não precisa mais fazer cara de inconformado, alterando o tom da voz para influir no ânimo da platéia. Afinal, não é sempre que se faz discurso na porta da Volks. Não precisa mais chorar. O eminente presidente precisa apenas mandar, o que não fez até agora. Não existem duas Justiças, como V. Exa. falou. Existe uma só. Que é cega, mas não é surda e costuma escutar as besteiras que muitos falam sobre ela. Basta ao presidente mandar seu amigo Tarso tomar medidas concretas e efetivas contra o crime organizado. Mandar seus demais ministros exercer os cargos para os quais foram nomeados. Mandar seus líderes partidários fazer menos conchavos e começar a legislar em favor da sociedade. Afinal, V. Exa.. foi eleito para isso. Sr. presidente, no mesmo canal de televisão, assisti a uma reportagem dando conta de que, em Pernambuco (sua terra natal), crianças que haviam abandonado o lixão, por receberem R$ 25,00 do Bolsa-Escola , tinham voltado para aquela vida (??) insólita simplesmente porque desde janeiro seu governo não repassou o dinheiro destinado ao Bolsa-Escola. Como se pode ver, Sr. presidente, vou tentar lembrá-lo de algumas coisas simples. Nós, do Poder Judiciário, não temos caixa-preta. Temos leis inconsistentes e brandas (que seu amigo Tarso sempre utilizou para inocentar pessoas acusadas de crimes do colarinho-branco) . Temos de conviver com a Fazenda Pública (e o Sr. presidente é responsável por ela, caso não saiba), sendo nossa maior cliente e litigante, na maioria dos casos, de má-fé. Temos os precatórios que não são pagos.. Temos acidentados que não recebem benefícios em dia (o INSS é de sua responsabilidade, Sr. presidente). Não temos medo algum de qualquer controle externo, Sr. presidente. Temos medo, sim, de que pessoas menos avisadas, como V. Exa. mostrou ser, confundam controle externo com atividade jurisdicional (pergunte ao seu amigo Tarso, ele explica o que é). De qualquer forma, não é bom falar de corda em casa de enforcado. Evidente que V. Exa. usou da expressão "caixa-preta" não no sentido pejorativo do termo. Juízes não tomam vinho de R$ 4 mil a garrafa. Juízes não são agradados com vinhos portugueses raros quando vão a restaurantes. Juízes, quando fazem churrasco, não mandam vir churrasqueiro de outro Estado. Mulheres de juízes não possuem condições financeiras para importar cabeleireiros de outras unidades da Federação, apenas para fazer uma "escova". Cachorros de juízes não andam de carro oficial. Caixa-preta por caixa-preta (no sentido meramente figurativo), sr. presidente, a do Poder Executivo é bem maior do que a nossa. Meus respeitos a V. Exa. e recomendações ao seu amigo Márcio.
P.S.:Dê lembranças a "Michelle".
(Michelle é cachorrinha do presidente que passeia em carro oficial) Ruy Coppola, juiz do 2.º Tribunal de Alçada Civil do Estado de São Paulo, São Paulo.

segunda-feira, maio 03, 2010

Parabéns Ibama!!!

Apreensão de 300 pássaros em Venâncio Aires/RS pelo Ibama
Porto Alegre (22/04/2010) - Equipe formada por 12 agentes ambientais Federais do Ibama do Rio Grande do Sul e por policiais civis cumpriram na última terça-feira (20) sete mandados de busca e apreensão no município de Venâncio Aires. Durante a ação, 150 pássaros foram apreendidos. Os alvos, compostos por criadores amadores de passeriformes, foram identificados pelo Núcleo de Inteligência do Ibama local por meio do cruzamento de dados do Sistema de Passeriformes - Sispass, Receita Federal e denúncias. Eles vinham sendo investigados há mais de seis meses.
Do total de pássaros apreendidos, 90 canários-da-terra oriundos de criação amadorista vinham sendo cruzados com canários belgas e canários peruanos, gerando animais híbridos que eram anilhados com anilhas de criadores comerciais e vendidos no mercado como espécie exótica por uma empresa fantasma. Entre os outros passeriformes apreendidos, encontravam-se curiós, bicudos, trinca-ferros e bicos de pimenta.
Ao final da ação, a equipe do Ibama foi solicitada por agentes da Polícia Federal a comparecer em residência às margens da Rodovia RSC 287, no mesmo município, onde foram apreendidos outros 120 pássaros nativos, 40 pássaros exóticos e 15 jabutis. “Se considerarmos que mais de 100 animais estavam sem anilhas e com comportamento muito arredio, além de terem sido encontrados diversos pássaros mortos, que, provavelmente, vieram a óbito por stress de viagem, podemos inferir que eram produto do tráfico de animais silvestres que seriam comercializados na região”, afirma o responsável pela Divisão de Controle e Fiscalização - Dicof/RS, o analista ambiental Régis Fontana Pinto.
O criador amador responsável pelos animais apreendidos foi conduzido ao presídio pela Polícia Federal e permanecerá preso por crime de falsificação de selo público. “Lavramos um Laudo de Constatação para subsidiar o procedimento da Polícia pois sete anilhas falsificadas também foram encontradas junto com os pássaros apreendidos”, comenta a responsável pelo Núcleo de Fauna na ação, a analista ambiental Fernanda Rauber. No local ainda foram recolhidos 30 alçapões, 57 gaiolas e inúmeras caixas de transporte.
Todos os animais apreendidos serão triados no Cetas do Parque Zoológico de Sapucaia do Sul, de responsabilidade da Secretaria Estadual do Meio Ambiente - Sema/RS, e posteriormente destinados para criadores conservacionistas e mantenedores de fauna silvestre registrados junto ao Ibama.
Ao final do dia, foram totalizados seis Autos de Infração, num valor total superior a R$ 250 mil. Os infratores, além da multa pecuniária, responderão na justiça pelos crimes ambientais que cometeram.
Dicof/Ibama/RS

sábado, maio 01, 2010

Largatixa...tire suas dúvidas.

Dona de uma coloração terrosa e acinzentada, a Lagartixa Domestica é um pequeno réptil urbano. Famoso por se esconder em frestas de portas e correr rapidamente pela parede, o animal causa repulsa em muita gente mas é um excelente bicho de estimação.

O réptil tem grande contribuição ao ser humano, uma vez que come insetos, aranhas, centopéias e escorpiões. Extremamente higiênica, dificilmente habita lugares sujos, por isso mesmo, não transmite nenhum tipo de doença ao homem.



Há quem acredite que as lagartixas sejam originárias da África e foram trazidas para o Brasil nos navios negreiros. O que se sabe é que atualmente existem cerca de cem espécies do réptil, sendo a mais famosa a Hemidactylus mabouia.

Muitos se apavoram só de ouvir falar seu nome. Preconceitos à parte, a Hemidactylus mabouia, tão comum em muitos lares brasileiros, principalmente após um dia de chuva, é um réptil de origem africana, que convive tranquilamente entre os seres humanos.



A lagartixa-doméstica-tropical (Hemidactylus mabouia) é uma espécie de lagartixa de pequenas dimensões (de 20 mm a 70 mm), que anda nas paredes das casas, sobretudo quando chove. A dieta deste animal é variada, inclui animais como aranhas, escorpiões, insetos, em especial baratas e espécies Orthoptera, e até outras lagartixas. Pelo contrário que muitos dizem unico mal que afeta nos pássaros e o susto delas durante a noite em busca de alimentos, espantando a fêmea dos ninhos e pássaros mais ariscos...

A reprodução da Lagartixa Doméstica ocorre durante todo o ano, sendo cada ninhada constituída de 2 ovos com cerca de 10 mm de diâmetro. Os filhotes nascem com cerca de 20 mm de comprimento atingindo a maturidade sexual perto dos 55 mm.



Extremamente resistentes, as lagartixas ficam ativas praticamente durante todo o ano, contanto que a temperatura esteja acima dos 13ºC.

Além de possuir patas com uma espécie de saliência adesiva que facilita a aderência nas paredes e portas, a Lagartixa Doméstica a também tem a visão muito aguçada, principalmente à noite.
No dia 14 de outubro comemora-se no Brasil o dia nacional da Lagartixa.


Fonte: http://petmagicag.uol.com.br/repteis/lagartixa-domestica/curiosidades/