Páginas

Cursos Gratuitos

quinta-feira, abril 28, 2011

ATENÇÃO CRIADORES.

Segundo informações adquiridas pela Diretoria da ACPJ, junto a Superintendência do IBAMA de Florianópolis, os criadores que tiverem com anilhas em seu estoque a mais de 1(um) ano e não ás retirarem junto ao IBAMA, as mesmas poderão ser retiradas do seu estoque e retornadas para o Estoque do IBAMA, após isso elas serão encaminhadas a outros Criadores.

Para Maiores Informações entra em contato com:
Setor de Fauna de Florianópolis (48) 3212-3356 begin_of_the_skype_highlighting (48) 3212-3356 end_of_the_skype_highlighting Letícia

Att.
A Diretoria.

Fonte: http://www.acpj.com.br/index.asp

terça-feira, abril 26, 2011

CASAL DE TRINCAS DOADOS A MEU AMIGO!

Fico feliz, que estejam bem, na casa do meu amigo Marcelo.



Muito legal, eles se adaptarem bem...



Parabéns pelos seus cuidados!

domingo, abril 17, 2011

Notícias ACPRS - Canoas/RS

PRÓXIMO TORNEIO (INCENTIVO):
24/04/11- TRINCA FERRO E AZULÃO


PREMIAÇÃO DO RANKING ACPRS 2011
DIA: 30/04/2011-SÁBADO

HORÁRIO 20:30hs
LOCAL: SEDE ACPRS
RUA: DOM FELICIANO, 1188
BAIRRO: NITERÓI CANOAS-RS
ANTES DA PREMIAÇÃO SERÁ SERVIDO UM JANTAR
CARDÁPIO: GALETO, ARROZ E SALADAS.
VALOR: R$ 10,00
CONTATO ACPRS: 51-34282263 e 51-91466171
TODOS SÃO BEM VINDOS.
SITE: www.associacaoacprs.com.br

sexta-feira, abril 15, 2011

TORNEIOS DO FIM DE SEMANA:


ACPS - Gravataí

Abril.

17/04/2011 - Trinca ferro - Azulão - Cardeal.



Sede ACPS - Rua: Oly Titton, 528 - Faixa de Taquara - Pda 77.

NOTÍCIAS DA IN-15.




Deputados e criadores membros da Bancada Eco Passarinheiro se reuniram na manhã desta quarta-feira (13) na sede do IBAMA para definir as mudanças na Instrução Normativa N° 15 publicada em dezembro do ano passado. O coordenador da bancada, deputado Nelson Marquezelli, sugeriu a criação de uma comissão para por um ponto final nas alterações. “É preciso reunir todas as sugestões em um único documento para que se possa ser analisado com maior rapidez e precisão”, enfatiza Marquezelli.

A comissão formada por presidentes de clubes e federações de todos os Estados juntamente com servidores do IBAMA concluíram o processo de alterações e encontrando um consenso. Ao final do dia, o documento foi entregue ao Diretor de Biodiversidade, Américo Tunes e ao Coordenador Vitor Hugo Cantarelli . O diretor afirmou que a partir de agora o departamento jurídico vai fazer os ajustes e dentro de duas semanas, provavelmente no dia 26.04, poderá haver a assinatura da retificação da IN nº 15.

O presidente da COBRAP, Aloísio Pacini Tostes, destacou que com a atual IN é praticamente impossível o desenvolvimento da atividade. Afirmou que as alterações são resultados de um esforço continuo e um longo debate entre o seguimento criador, parlamentares e o IBAMA. Aloísio acredita que as alterações devem atender grande parte das reivindicações da categoria.

Estiveram presentes na audiência, além do deputado Nelson Marquezelli, os parlamentares Valdir Colatto, Fábio Trad, Otávio Leite, Carlaile Pedrosa e representantes dos demais deputados membros da bancada Eco Passarinheiro.

Fonte: Marquezelli - Dep. Federal.

quinta-feira, abril 14, 2011

FISCALIZAÇÃO EM TORNEIO NO ES.

Vitória (12/04/2011) – Agentes ambientais federais do Ibama realizaram mais uma ação de fiscalização para combater o tráfico de animais silvestres no sul do Espírito Santo. Desta vez, os agentes vistoriaram um torneio de canto de pássaros no município de Apiacá.

Segundo o coordenador da operação, diversas irregularidades foram encontradas no local: havia animais com anilha adulterada, sem anilha e sem identificação de origem e o evento não tinha um médico veterinário responsável, como é exigido por lei”, sendo lavrados 19 autos.

As multas aplicadas chegaram a R$ 28,5 mil. O torneio foi embargado e a organização também foi responsabilizada pelas irregularidades. Além da multa, os organizadores não podem realizar mais nenhuma etapa do torneio até a situação ser regularizada no Ibama.

Segundo o coordenador da operação, mais de 81% dos participantes do torneio foram multados. Os pássaros apreendidos nessa ação foram encaminhados para o Cetas/ES, localizado no município da Serra.

Federação
O presidente da Federação de Passeriformes de Cachoeiro foi autuado em R$ 7 mil. De acordo com os agentes ambientais federais, oito anilhas falsas e uma adulterada foram encontradas com o presidente. Todo o material mais as informações da investigação serão encaminhadas para a Polícia Federal.

Os nove pássaros que estavam com problemas nas anilhas foram apreendidos e encaminhados para o Cetas/ES. Além do processo administrativo, o presidente da federação também vai responder a processo criminal. Os autuados têm 20 dias para apresentar suas defesas no instituto.

Luciana Carvalho
Ascom/Ibama/ES

13/04 A REUNIÃO DEFINITIVA.

Amigos passarinheiros

Segue IN 03 dos Pássaros Exóticos, pubicada no DOU, informação repassada pelo presidente da Federação Ornitológica Catarinense (FOC), Wilson Gomes.

Conversei agora pela manhã com o coordenador de Gestão do Uso de Espécies de Fauna do Ibama, Vitor Hugo Cantarelli e ficou acertada reunião para a próxima quarta-feira (13/4), às 8h30, com o presidente do Ibama, em Brasília, Curt Trennepohl, para batermos o martelo em relação a Instrução Normativa (IN) 15 dos Pássaros Silvestres.

Vamos para mais uma empreitada..

Abraço

Valdir Colatto
Engenheiro Agrônomo, Deputado Federal (PMDB/SC) e
vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária no Congresso Nacional
www.valdircolatto.com.br
twitter: @colattodeputado

Fonte: http://www.acpj.com.br/index_destaque.asp?id=11

quarta-feira, abril 13, 2011

História do Bicudo JK.

J.K. O Peito de Aço
Nome : J.K. Espécie : Bicudo Sub-espécie : maximiliani
Tipo de canto : Goiano Liso

Quando recebi a fita gravada pelo Aloisio Pacini Tostes com o depoimento do Paulo Roberto Milian, de São José do Rio Preto, sobre o bicudo JK, pensava em contar a história deste maravilhoso pássaro iniciando diretamente por falar dele. Depois de ouvir a fita concluí que deveria iniciar a história, prestando uma homenagem ao Mário Luiz Ferreira Antunes, de Lins, falecido no ano de 2000, pois ele foi o grande responsável por este pássaro ter deixado uma geração de descententes de excelente qualidade, como vamos ver a seguir.
Nossa história tem início no ano de 1986, na praça da Bandeira, na cidade de Lins – SP onde os passarinheiros da cidade costumavam se encontrar. Foi para alí que se dirigiu o Mário, pois ele procurava um bicudo para galar uma fêmea que possuia. O Mário viu o JK e soube que o proprietário estava vendendo . Ele fez uma oferta e o proprietário disse que o pássaro era valente, mas que não sabia se era um galador ou não. O Mário adquiriu o pássaro, que naquele momento estava passando 2 a 3 cantos. Assim que ele comprou e deu umas voltas pela praça, o danado disparou a cantar, sendo que o antigo dono tentou desfazer o negócio, mas o Mário, que já havia pago o preço pedido, catou a gaiola e foi embora.

Estima-se que quando ele veio para as mãos do Mário tinha cerca de 4 anos de idade. Era mateiro, sendo que acredita-se que tenha vindo de Goiás, passando por Marília. Quem vendeu para o Mário foi o Joaquim Cafelandia , que comercializava pássaros ornamentais, daí a derivação do nome JK. Dizem que ele foi trocado por uma fêmea de curió que pertencia ao Sr. Joaquim. JK usava anilha aberta do IBDF, de número 20.

Uma passagem que nos conta o filho do Mário, o Marcio, diz que quando o Mário chegou em casa com o JK recém adquirido ele estava preocupado com a reação da sua esposa, Dna. Maria Luiza ( qual o passarinheiro que nunca passou por esta situação ??? ) por ter pago um valor elevado nele, porém ela como sempre o apoiou, disse “ mais vale um gosto do que dinheiro no bolso “.

Quando chegou em casa o JK viu a fêmea e ficou louco, cantando cada vez mais, até que 2 meses depois a fêmea ja estava galada e dando o seus primeiros filhotes.
Logo na primeira cruza saiu o Terrível, bicudo muito repetidor .

Uma das passagens inesquecíveis deste pássaro ocorreu em Lins, quando o falecido Sr. Scatena viu o JK passar uma infinidade de cantos e inclusive botar pra correr um bicudo do também falecido Pelé e 2 bicudos que estavam na área treinando para um torneio do dia seguinte. O Sr. Scatena ficou maravilhado pelo JK e pediu para o Mário colocar preço. A disputa foi feroz, com o Sr. Scatena insistindo em compra-lo, inclusive disse para o Mário que o Escurinho ( bicudo de propriedade do Sr. Scatena ) tinha preço, porque o JK não ? O Mário respondeu que o Escurinho podia ter preço, mas o JK não e acabou não vendendo. Naquele dia o Mário poderia ter vendido o JK pelo preço que quisesse, porém sua paixão pelo pássaro falou mais alto. Além desta tentativa, por várias vezes outros tentaram compra-lo, sem sucesso.

Depois disto, o Pedro Junqueira, que já possuia um excelente bicudo de nome Riscado e queria criar com o JK, pediu para o Paulo Roberto Milian consultar o Mario para ver se ele vendia. O Mario finalmente concordou e pediu uma quantia bastante alta para a ocasião. Depois ficaram negociando e nestas idas e vindas o Mário propôs fazer uma sociedade em 3, sendo que os outros 2 ( Pedro Junqueira e Paulo Roberto Milian ) dariam uma quantia a ele , que cederia o JK para criar e ficaria com 6 flhotes cada temporada. Foi dai que nasceram novos filhotes repetidores: Apolo, Guerreiro, Garrincha, Foguinho.
Ele deu certo até com uma fêmea parazinha de nome Sapatão com quem teve excelentes filhotes repetidores

Uma caracteristica marcante deste pássaro era que ele dava bons filhotes com qualquer fêmea.

Conta-se que foi em um torneio em Ribeirão Preto que ele mais repetiu ( 47 cantos sem parar ) o que o consagrou .
O primeiro torneio do qual participou foi em Pirassununga, ficando em terceiro lugar. Dai em diante ele participou em Lins, ganhando em primeiro lugar, sendo que tornou-se imbatível na categoria peito de aço. Dizem que quando o Mário chegava com o JK os concorrentes desanimavam e diziam “ lá vem o JK “ “o capeta “.
Alguns dos descendentes do JK que hoje fazem sucesso e que estão dando descententes com qualidade de ponta:
Apolo – pertence ao Sr. Jose Carlos Gradela, de São José do Rio Preto – SP. Inclusive recentemente o Sr. Gradela recusou uma oferta alta por um pardo filho do Apolo.
Latino – Do Sr. Amaral de Dracena - SP
Guerreiro – do Sr. Eider de Bauru - SP
Pedro Primeiro – atualmente com Miguel Tanamati – Londrina – PR
Boca de Ferro – fazendo muito sucesso atualmente
Paco Rabane – do Sr. Wagner Marques – São Paulo - SP
Recentemente surgiu uma cruza de descendente de JK com uma fêmea chamada Luiza Brunet ( pela sua beleza ), que esta dando muitos filhotes maravilhosos, sendo que 70% das fêmeas saem mutação.
Granfino – do Sr. Geraldo Magela – São Paulo – SP

O Dr. Jose Carlos Grando, de Dracena – SP possui um pardo descendente de JK também, que esta repetindo muito e cantando Batuque.

JK morreu em 1999, aparentemente vitimado pela coccidiose,alguns meses depois que o Mário o havia trazido de volta pra casa, da fazenda do Pedro Junqueira em Presidente Epitáceo. Pouco tempo antes já havia morrido outro bicudo seu, de nome Foguinho. Antes de morrer ele deixou mais um filhote, de 1999, que hoje esta com o filho do Mário.
Uma passagem emocionante desta história diz respeito ao momento em que o Mario comentou com o Paulo Roberto Milian que havia morrido o Foguinho, o JK e só faltava ele morrer também. Pois pouco tempo depois disto o Mário veio a falecer, no ano de 2000.

Uma grande alegria é saber que o filho do Mário, o Marcio Jose Antunes, que mora em Lins, esta dando continuidade a criação, com filhos e netos do JK, perpetuando assim a raça deste extraordinário bicudo. Inclusive uma curiosidade é que o Marcio mantém até hoje o JK congelado no freezer.

Colaboraram na elaboração desta história :

Paulo Roberto Milian - S.Jose do Rio Preto
Aloisio Pacini Tostes - Ribeirão Preto
Marcio Jose Antunes - Lins

Escrito por Paulo Schiavon

TEXTO RETIRADO DO SITE DA COBRAP.

quinta-feira, abril 07, 2011

PETIÇÃO PÚBLICA ENTREGUE.



ANAPASS faz entrega de manifesto popular ao Exmo. Sr. Curt Trennepohl - Presidente do IBAMA.

Quarta-Feira, 6 de abril de 2011

O Dr Curt Trennepohl, Presidente do IBAMA, recebeu das mãos do presidente da ANAPASS um manifesto popular com mais de 10 mil assinaturas pedindo a suspenção imediata dos efeitos da IN 015. Cerca de 3 mil assinaturas foram colhidas eletronicamente através do site www.peticoesonline.com.br e outras 7 mil registradas de próprio punho, enviadas de várias regiões do Brasil.

O Dr Curt acolheu com grande consideração os documentos e reafirmou sua preocupação com a necessidade de revisão no texto da normativa, buscando adequá-la às necessidades da atividade.

Fonte: http://www.anapass.com.br/#

terça-feira, abril 05, 2011

SAIU A IN DOS EXÓTICOS !!!

Prezados Companheiros,

Segue a IN 03 de 1/04/11, publicada no Diário Oficial da União, hoje, regulamentando a criação de pássaros exóticos, e dando a "famosa" origem a nossas aves (pois essa era a base "legal" em que os criadores eram multados, a saber : introdução de aves exóticas no país....), a partir do cadastramento no Ibama, até a data limite, o criador terá suas aves totalmente regulamentadas.
Esse fato histórico na ornitofilia brasileira, mostra a importância da união entre as entidades de criadores, e o fundamental apoio político. Ressaltamos que o dep. Federal - SC Valdir Colatto trabalhou muito, diretamente junto às presidencias (pois desde maio/10, contactamos com 3 presidentes no órgão), foi importante também o apoio dos demais deputados da bancada Eco - Passarinheira, assim como o decisivo apoio das entidades ornitológicas a levar informações ao Ibama, pois não dispunham de conhecimentos técnicos específicos referentes à pássaros exóticos. A listagem ampla das aves (passeriformes, pscitaciformes, columbideos) deverá ser fornecida entre amanhã e depois, no entanto ela contempla as aves criadas pelo nosso segmento, com base e um excelente trabalho realizado pela FOB, listando criteriosamente às aves.
Agradecemos sobretudo a Deus nesta grande vitória, e o apoio direto e indireto dos criadores e fazemos a nossa homenagem aos preciosos companheiros que foram equivocadamente autuados, esta IN foi fruto do grande sofrimento deles.

Veja como ficou a IN dos Exóticos: http://www.fiscolex.com.br/doc_20633812_INSTRUCAO_NORMATIVA
_N_3_1_ABRIL_2011.aspx


Um grande abraço,

Wilson Gomes
Presidente - FOC - Federação Ornitológica Catarinense.

Fonte: http://www.acpj.com.br/index_destaque.asp?id=11

sexta-feira, abril 01, 2011

Resultado da enquete sobre IN-15.

RESULTADO DA ENQUETE:

Oque você achou da IN?

ÓTIMA...............26 (9%)

BOA.................9 (3%)

REGULAR.............9 (3%)

RUIN................20 (7%)

PÉSSIMA.............219 (77%)



Votos até o momento: 283
Enquete encerrada.

REUNIÃO EM BRASILIA.

Operação Sispass Legal apreende 122 pássaros no Paraná e aplica mais de R$ 70 mil em multas.

Londrina (30/03/2011) – A operação Sispass Legal, desencadeada nacionalmente na semana passada, resultou na apreensão de 122 pássaros silvestres nativos de criadores amadores cadastrados no Ibama na região metropolitana de Curitiba. As multas aplicadas na RMC somam mais de R$ 70 mil. Foram encontradas infrações ambientais em oito dos 13 criadores fiscalizados.



As irregularidades encontradas nos plantéis dos criadores foram várias: aves constantes da relação que não se encontravam com o criador, aves não anilhadas, aves anilhadas não constantes do plantel do criador no Sispass e, o mais grave, aves com anilhas falsificadas ou adulteradas. Os animais em situação irregular foram encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres, mantido pela PUC/PR em Tijucas do Sul.

Manter animais silvestres em cativeiro sem autorização do órgão competente ou em desacordo com a obtida é crime ambiental, passível de multa, apreensão dos animais e processo criminal.

As pessoas que têm interesse em criar passeriformes silvestres nativos precisam, antes de tudo, estar cadastradas no Sistema de Cadastramento de Passeriformes (Sispass) do Ibama. É importante destacar que a comercialização de animais é vedada aos criadores amadores.



A fiscalização dos criadores amadores cadastrados no Sispass vai continuar. Atualmente, a criação amadorista de passeriformes é regida pela Instrução Normativa 15, de dezembro de 2010, que deve ser seguida rigorosamente pelos criadores para evitar problemas com a fiscalização da atividade.

Christian Dietrich
Ascom – Ibama/PR
Fotos: Ibama/PR