Páginas

Cursos Gratuitos

quarta-feira, abril 24, 2013

Campanha!



O que precisamos?

A casa onde funciona o Postinho sempre apresentou alguns problemas estruturais, pois, foi construída de maneira bastante simples. Depois de algum tempo de atendimento, os problemas começaram a se agravar, principalmente na época de muita chuva. Ano passado, o mofo no teto e paredes e as inúmeras goteiras começaram a realmente atrapalhar e impedir os atendimentos. Remédios, material clínico e móveis estragaram por causa da umidade e mofo, o cheiro era forte e alguns voluntários que trabalhavam há mais tempo, começaram a sentir as consequências desenvolvendo problemas respiratórios e alergias.
Acreditamos que nosso trabalho faz a diferença para essas moradoras e seguimos desenvolvendo-o com muito amor e responsabilidade apesar das dificuldades que apareciam a cada dia. Não possuímos nenhum tipo de patrocínio ou apoio financeiro. Em junho do ano passado, uma chuva que durou dois dias, impossibilitou que os atendimentos continuassem. Com muita tristeza para nós voluntários e para nossos amigos e nossas pacientes da Comunidade, o Postinho foi fechado. Foi uma época difícil, mas não desistimos!!!
Após a matéria feita pelo Parceiros do RJTV ir ao ar, mostrando nosso trabalho e nossa situação, um médico assistiu, solidarizou-se e decidiu pagar a reforma que precisávamos para voltar a funcionar. Hoje a casa está pronta, mas perdemos tudo que havia dentro. Precisamos recomeçar do zero para mobiliar e comprar o material necessário para desenvolver os atendimentos.  É tudo ou nada! Temos 30 dias para cumprir essa meta!
A sua doação pode nos ajudar a dar novamente atendimento mais digno a essas moradoras, melhor condição de trabalho para os voluntários e aumento da capacidade de atendimentos, uma vez que a demanda é enorme!
O trabalho desenvolvido no Postinho é um exemplo para todos de que a distância entre “asfalto e morro” está cada vez menor. Qualquer cidadão que tenha boa vontade para fazer uma sociedade melhor pode se engajar em projetos sérios. Muito mais do que levar saúde aos moradores, o Postinho apresenta uma maneira nova de atendimento, onde cada paciente é atendida com respeito e carinho, o que a ajuda a se enxergar como cidadã de direitos e deveres, assim como todos nós.
Contamos com vocês!!!

ABAIXO A FONTE PARA MAIS INFORMAÇÕES, OBRIGADO!

Um comentário:

  1. Agradecemos a divulgação dessa importante campanha para reabrir o Postinho de Saúde da Mulher que atende a comunidade carente do morro do Canta Galo/Pavão e Pavãozinho no Rio de Janeiro!
    Obrigado,
    Trabalhadores Voluntários do Postinho

    ResponderExcluir