Páginas

Cursos Gratuitos

terça-feira, novembro 18, 2014

IBAMA - Operação FIBRA



São Paulo (17/11/2014) – O Ibama deflagrou, nesta segunda-feira (17), a Operação Fibra, que visa a desarticular um grupo que tentava legalizar aves oriundas do tráfico de animais silvestres, capturadas na natureza. A operação ocorre nas cidades de São Paulo, Guarulhos e Campinas, no estado de São Paulo, e pode se estender para outros estados.
O esquema do grupo consistia em inserir anilhas falsas em aves capturadas da natureza e, em seguida, realizar registros falsos no Sistema de Cadastro de Passeriformes (Sispass) como se elas tivessem nascido em criadouros legalizados. O esquema contava com o apoio de um funcionário terceirizado do instituto. Estima-se que tentaram legalizar cerca de 15 mil aves, principalmente, curiós e trinca-ferros, cujo valor de mercado para alguns exemplares pode ultrapassar R$ 50 mil. Também, foram realizadas fraudes para se quitar uma taxa que os criadores de passeriformes devem pagar anualmente pela posse ou pelo transporte de animais. Estima-se que pelo menos R$ 250 mil deixaram de ser recolhidos.
A apuração das irregularidades começou a partir do monitoramento que o Ibama faz no sistema para identificar irregularidades. Em seguida, as informações foram encaminhadas à Polícia Federal para que também instaurasse procedimento investigativo criminal.
Os infratores receberão multas administrativas que podem chegar a R$ 1 milhão por apresentar informação falsa em sistemas oficiais, além de terem os animais apreendidos. Também, poderão responder pelos crimes de tráfico de animais silvestres, maus-tratos, receptação, inserção de dados falsos em sistema de informações, corrupção ativa e passiva, crime de falsificação de selo ou sinal público e associação criminosa. Os policias federais, acompanhados de servidores do Ibama, cumprem dez mandados de busca e apreensão.
As aves apreendidas serão encaminhadas para o Centro de Recuperação de Animais Silvestres do Parque Ecológico do Tietê para cuidados e posterior reintrodução na natureza.
O nome da operação, Fibra, é alusão à competição entre pássaros, na qual vence aquele que canta por mais tempo sem parar, ou seja, que tem mais fibra.

Ascom/SP

2 comentários:

  1. como que um criador amador que ta começando agora vai saber quando compra um pássaro que esta ilegal ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os meus tem além da anilha Ibama a minha personalizada, e logo seria interessante fazer exame de DNA nos pais para os filhotes ficarem certificados!

      Excluir